08 março 2011

O Rei e o Camaleão - Christian David

Há um tempo eu fechei uma parceria com alguns autores nacionais. Mencionei isso aqui no blog em uma postagem e fiz um resumo do que viria para vocês.
Por conta de alguns imprevistos, tive que adiar a resenha do livro cedido por Christian para resenha, mas estou hoje cumprindo com minha palavra, e apresento para vocês um livro muito bom: O Rei e o Camaleão.
Vou fazer a resenha em duas partes, já que o livro tem duas histórias. Vamos conhecer?



• Sinopse do livro:
O Rei e o Camaleão
O livro compõe-se de duas histórias destinadas ao público jovem. O Monge Reipassa-se em um reino fictício no que se poderia comparar à nossa idade média, época de reis, castelos e lutas de espada. Já O Camaleão é uma ficção espacial que tem como herói um agente secreto com a peculiar característica de ser um transmorfo.








Sinopse do conto: O Monge Rei
O Legítimo Rei de Fangot, Petrus, foi mantido afastado do reino por cinco anos, ferido em uma batalha ele perdeu a memória e acabou sendo colocado sob observação em um retiro monástico pelo usurpador do trono, Solano. Petrus, passa a ter sonhos com pedaços de memórias e acaba descobrindo quem realmente é. Começa, então sua busca por retomar o que é seu, seu reino, seu título e, principalmente sua esposa que, acreditando na morte do marido, está sendo obrigada a casar-se com o novo rei.

O primeiro conto do livro já me cativou de primeira. Como eu gosto desse tema, mergulhei na história do rei Petrus.
Um mistério ronda o Retiro monástico. Petrus perdeu sua memória em uma batalha e agora tem sonhos intrigantes. Mas ele não podia falar sobre seus sonhos, pois o Mestre Maior achava inadequado. 
Após 5 anos sem sua memória, Petrus quer mais do que tudo saber mais sobre esses estranhos sonhos que tem todas as noites desde que chegou no retido.
Mas o que será que os sonhos significam?
Após algum tempo, ele descobre que há mais nos sonhos do ele ele pensa. É sua preciosa memória voltando, e com muitos segredos que foram deixados para trás.
Agora Petrus quer retornar a sua antiga vida, mas para isso, terá que enfrentar inimigos como o Rei Solano, um tirano que lhe tomou suas terras, seu reino e seu trono em  Fangot, e agora que tomar sua esposa Litara.
Na tentativa de impedir o casamento forçado do Rei Solano com a Rainha Litara e de retomar suas terras, Petrus embarca numa jornada cheia de obstáculos. Mas com a ajuda de alguns velhos amigos e do Rei de Vizinau e também seu sogro, Aura, ele vai em direção de seu antigo lar.
Um conto gostoso de ler, com uma leitura fácil que flui. 


O Camaleão
Um dos únicos sobreviventes da tragédia da colonização no planeta Bandeira 1, Meg Knox acabou se tornando um agente do SIGI, Serviço Intergalático de Inteligência. Sendo um transmorfo, Knox é sempre envolvido nas mais perigosas missões, dessa vez ele foi enviado ao Planeta Zara para personificar o governante do planeta, o ditador Sorbone, assegurando a entrega do poder as mãos do povo, como ele havia prometido. Infelizmente nada saiu como o planejado e um outro transmorfo é envolvido na história. Knox se vê em maus lençóis e precisa de toda a sua capacidade de persuasão e inteligência para consertar as coisas.

Já o segundo conto, "O Camaleão" é um tema futurista. Devo admitir que não gosto muito desse tipo de leitura, mas no decorrer da leitura, peguei o gosto pelo conto.
Esse é mais um conto curto, mas é mais curto que o primeiro.
Knox, um transformo, vive em Bandeira 1, a 11° colônia da Terra. Com a destruição da Bandeira 1 por conta de uma colonização, Knox sobrevive com mais 4 pessoas. Infelizmente, coisas desastrosas acontecem e ele acaba se vendo sozinho.
Agora ele faz parte do S.I.G.I ( Serviço Intergalático de Inteligência) e é enviado para loucas missões.
A nova missão de Knox é se transformar em Sorbone, um ditador militar de Zara, um planeta próximo. Sorbone resolve deixar o povo livre para escolher por voto um novo governante, mas suas intenções são suspeitas, e agora Knox terá de se infiltrar no palácio de Zara para descobrir as verdadeiras intenções por detrás disso. Mas uma surpresa espera por Knox. Sorbone não é realmente o verdadeiro Sorbone, e uma busca pela verdade se inicia.
Apesar do tema, como expliquei no início, não me agradar muito, eu realmente gostei da história.

Recomendo a leitura para todos, sem restrição de idade! O livro é lindo, cheio de ilustrações e com uma leitura que flui.  Em ambos os contos há mistérios, o que me agradou bastante.
Agradeço a Christian por ter cedido o livro para o blog. Fico feliz por apresentar a vocês o primeiro autor nacional parceiro do Blog!
Vocês podem conferir "O Rei e o Camaleão" e outras obras do autor em: http://www.christiandavidescritor.com/

Boa leitura a todos!

3 comentários:

₢ris disse...

Ah, Camila, eu li esse livro e também amei.
É um livro muito pequeno, mas a historia é grande.
Também recomendo para todos.

Stephanie disse...

Criei um blog novo de livros e preciso de ajuda! Se puder me seguir, sigo você também, e se comentar eu sempre comento aqui também!

http://o-diario-literario.blogspot.com/

@stehpradella

Obrigada e abraços!

It Cultura disse...

O Christian tb é nosso parceiro e fiz resenha recentemente do livro... Me surpreendeu, pq conseguiu me prender e gostei bastante das 2 histórias!

Mais do que recomendado =D

Bjs
Kel - It Cultura
www.itcultura.com

Postar um comentário